PONTOLOVER

Viagem para o Uruguai, um país que não conhece o impossível

O Uruguai é um destino sedutor! O #PontoLover Marcelo Dunlop visitou as cidades Montevidéu, Punta del Este, Colonia del Sacramento, e voltou de lá inspirado pela grandiosidade desse pequeno país.

Leia o relato de Marcelo e comece a planejar sua próxima viagem com os pontos Multiplus!

Já dizia Verissimo

Certa vez o escritor Luis Fernando Verissimo disse que ao vestir a chuteira e entrar em campo, o Uruguai se acha maior que um Canadá. Se depender das credenciais culinárias, o pequeno país de 3 milhões de habitantes talvez se agigante ainda mais.

Repare na confiança de zagueiro clássico com que o garçom do Mercado del Puerto, na Cidade Velha de Montevidéu, passa com maestria o prato de entrecôte (assado à lenha, jamais no carvão) e, depois, abre espaço para a panqueca de doce de leite; tudo sem firula, mas que deixa qualquer brasileiro encantado.

Montevidéu é um dos muitos destinos para ir com a Multiplus e a LATAM Airlines.
Montevidéu é um dos muitos destinos para ir com a Multiplus e a LATAM Airlines.

Assim é o Uruguai, um país simpático que aprendeu a desafiar o impossível. Ganhar do todo poderoso Brasil no Maracanã? Sim, se puede. Oferecer um churrasco ou asadomelhor que o argentino? Sim, eles preparam. Um vinho capaz de rivalizar com o Malbec? Ué, tem o Tannat, imbatível ao acompanhar a carne vermelha. Eleger um político que recusa mordomias e propinas e ainda anda de Fusca? Sim, eles tiveram o presidente Mujica.

O passeio começa por Montevidéu, cidade em que o tempo parece passar devagar. O ar nostálgico e os prédios antigos convidam a espairecer, e um local obrigatório é o Café Brasilero, onde o mestre Eduardo Galeano (19402015) papeava com jornalistas e jovens escritores. Outro poeta, o argentino Jorge Luis Borges, declarou-se à capital uruguaia: Porta falsa no tempo, tuas ruas miram o passado mais leve. Uma dessas portas atemporais certamente se abre no Café Brasilero, que lembra o clima da carioca confeitaria Colombo.

Depois de encontrarGaleano, é preciso visitar Vilaró. O melhor modo é alugar um carro – quanto maior a antecedência menor o preço e zarpar para Punta del Este pela estrada reta e segura que parte da capital. Carlos Páez Vilaró, pai de um dos sobreviventes do milagre dos Andes, foi uma figuraça, amigo de Picasso e de Vinicius de Moraes, e que ergueu com as próprias mãos a cinematográfica CasaPueblo, que tornou-se uma daquelas atrações para conhecer antes de morrer. Na alta temporada, as praias de Punta são mais animadas, mas na baixa você saboreia o pôr do sol mais memorável da sua vida sem dezenas de turistas tirando selfies na sua frente. É só chegar a CasaPueblo antes do sol cair. 

Após retornar a Montevidéu, se você já bebericou a uvita na noitada centenária do Fun-Fun, provou o chivito e o azeite Garzón e almoçou na bodega Bouza, é hora de partir mas não de volta para casa. A esta altura você já foi conquistado pelos locais, anda com a cuia de mate e a garrafa térmica debaixo do braço, só que ainda não viu tudo. Pegue um ônibus ou um carro e viaje para o passado, na pequena e romântica Colonia del Sacramento.

Colonia é uma cidadela de colonização portuguesa na qual se pode passar apenas o dia ou duas noites saboreando o que há de melhor no Uruguai. Se o tempo não decidir parar de vez (milagres acontecem por lá), almoce no La Florida, belisque uma tábua de queijos no escondidinho El Buen Suspiro e jante (peixe, para aliviar as vacas) no esplêndido Charco Bistro. Agora sim, você está pronto para retornar ao Brasil ou, se preferir, pegar uma barca rápida para Buenos Aires, logo ali do outro lado do rio, como diz a canção.

Dizem que o Uruguai se tornou um país cordial pois vivia de mediar os conflitos entre os primos maiores Brasil e Argentina. Se a mediação era feita numa mesa bem servida, talvez com um doce de leite de cabra como este que saboreio enquanto escrevo, está explicado porque sempre funcionava.

 

Marcelo Dunlop é escritor e, principalmente, leitor. Foi organizador da antologia “Veríssimas” (2016), de Luis Fernando Verissimo. Turista incansável, lamenta não poder viajar mais frequentemente para a melhor cidade do mundo, o Rio de Janeiro. É onde ele mora.

Colonia del Sacramento é a Paraty do Uruguai: muito charmosa.
Colonia del Sacramento é a Paraty do Uruguai: muito charmosa.

¿Vamos a Uruguay?

Embarque em uma viagem para o Uruguai, faça seu cadastro Multiplus!

Já dá até para comprar suas passagens aéreas com seus pontos Multiplus!

Aproveite para transferir seus pontos do cartão de crédito para Multiplus!