Victoria Falls

Victoria Falls, o lado do Zimbábue da maior catarata do mundo

Conheça “A fumaça que troveja” e vários outros passeios para os amantes de aventura

Com apenas 33 mil habitantes, a cidade tem o nome das quedas, que ficam situadas na fronteira do Zimbábue e da Zâmbia, e é completamente voltada para o turismo. Por isso, os custo na região são mais altos do que no resto do Zimbábue, mas, ainda assim, mais baixos que os valores em uma viagem para cidades da Europa ou dos Estados Unidos.

O homem e a natureza dividem, em harmonia o espaço de Victoria Falls, coexistindo com respeito mútuo e compreensão interespécies, em meio a parques nacionais e áreas de vida selvagem em que são encontrados animais silvestres, . No município é fácil encontrar atividades de adrenalina, como o rafting no Rio Zambezi, além de passeios em parques nacionais. Em 1980, a Unesco declarou a cascata que dá nome à cidade, chamada também de “A fumaça que troveja”, a floresta tropical e a vegetação como Patrimônio da Humanidade.

O jeito mais acessível de visitar a cidade e região é por meio do Aeroporto de Victoria Falls (VFA) ou do Aeroporto de Livingstone (LVI).

Onde Ficar
Featured Image
Featured Image

The Victoria Falls Hotel

1, Mallet Drive
Guestroom
Guestroom

A'Zambezi River Lodge

308 Parkway Drive
Featured Image
Featured Image

Victoria Falls Safari Lodge

Stand 471 Squire Cummings Ave
Bayete Guest Lodge
Bayete Guest Lodge

Bayete Guest Lodge

Stand 584 Manyika Road
Reception
Reception

Elephant Hills Resort

328 Parkway Drive
Shearwater Explorers Village
Shearwater Explorers Village

Shearwater Explorers Village

Stand 1756
Onde Comer

Mama África

Victoria Falls Road, Victoria Falls, Zimbábue +263 13 41725 / +263 772 323025

Mama África” se refere a uma típica mulher africana que é generosa e sempre trata seu convidado com amor. Esse é o objetivo desse restaurante de comida tradicional e bem turístico, com música ao vivo. Com três ambientes, o cliente pode optar por sentar no espaço interno colorido e decorado, na varanda ao ar livre ou no jardim externo. Por lá, você também encontra uma loja de curiosidades com uma seleção de esculturas africanas.

Saiba Mais

Lola’s Tapas & Carnivore Restaurant

8B Landela Complex – Livingstone Way, Victoria Falls, Zimbábue +263 13 42994

Esse restaurante bem popular de Victoria Falls combina cozinha mediterrânea com carnes locais. O resultado é um menu bem diferente do que estamos acostumados; tem ravióli de crocodilo, paella com kudu, hambúrgueres de zebra, almôndega de impala e pratos de tapas tradicionais. A refeição pode ser feita ao ar livre ou na área interna, que é mais intimista.

The Boma – Dinner & Drum Show

Victoria Falls Safari Lodge, Stand 471 – Squire Cummings Road, Victoria Falls, Zimbábue +263 213 284 321 120 / +263 13 43211

Aqui você encontra, depois das 19h, jantar com comidas típicas africanas em um ambiente rústico, e pode provar rabo de crocodilo defumado, churrasco de javali, guisado de galinha e assados no forno a lenha. Os mais corajosos podem experimentar um verme de mopane seco. Há também danças tradicionais, música ao vivo e adivinhação por um curandeiro.

Saiba Mais
Onde Ir
Rafting no Rio Zambezi, Zimbábue.
Rafting no Rio Zambezi, Zimbábue.

Rafting

O Rio Zambezi é um dos lugares mais famosos para prática de rafting no mundo. Esse passeio leva cerca de três horas e tem uma distância de 15 km, mas quem foi garante que vale a pena e que as agências que levam organizam tudo bem direitinho, com vários botes no rio, guias experientes e procedimentos de segurança. Vale ficar atento em qual época do ano ir, pois o nível da água influencia na atividade – entre outubro e janeiro é a temporada de água mais baixa.

Safári.
Safári.

Safáris

Como na maioria dos safáris africanos, os de Victoria Falls incluem o Big Five, os cinco maiores mamíferos, os mais poderosos e mais violentos animais selvagens. Eles estão soltos, mas pode ser difícil encontrar os cinco em apenas um tour. Para quem não abre mão de ver todos eles, recomenda-se que faça mais de um tour. Aves exóticas, antílopes e babuínos podem ser vistos também.

Parque Nacional de Victoria Falls

É o lugar para ir e apreciar as enormes cataratas com o constante arco-íris; esse passeio pode ser feito sem a presença de um guia, e leva de duas a três horas, dependendo do ritmo da caminhada e das paradas para as fotos. O parque se estende por um cânion, de onde se tem uma vista de frente para as quedas d’água, com vários pontos para observação. Um passeio imperdível!

Dica Extra

Pôr do Sol

Existem algumas outras opções para quem gosta de aventuras, como bungee jump da ponte, sobrevoo de helicóptero e cruzeiro no Rio Zambezi. Para quem procura uma atividade mais tranquila, porém, o recomendado é ver o pôr do sol no bar do hotel Safari Lodge. Excelente programa para um fim de tarde, com petiscos e cerveja a preços legais.

O que levar

Para a África, o recomendado é que a mala contenha roupas confortáveis e que se evitem cores claras e com muitas estampas. Bege, marrom e verde são as melhores opções. Para o safári, recomenda-se levar uma blusa quente, pois pode fazer frio na parte de trás do carro. Para o rafting, calças legging e roupas esportivas são ideais.

Roupas e sapatos confortáveis

Repelente

Chapéu para se proteger do sol

Binóculos

Dicas de quem #VaiComMultiplus

Dicas:
Curtidas:
Classificação:
Preço:

Mais destinos pra você