Timişoara

Timişoara, um lugar progressivo e cosmopolita

O charme desta cidade está em seu caráter arquitetônico distinto e vida cultural vibrante

A terceira maior cidade da Romênia é também uma das áreas urbanas mais atraentes do país, construída em torno de uma série de praças públicas maravilhosamente restauradas, parques e jardins luxuosos.

Com os hotéis mais bonitos e os melhores restaurantes da Romênia Ocidental, é a base perfeita para explorar a região de Banat. Timisoara foi nomeada representante romena da Capital Europeia da Cultura em 2021. O primeiro registro da cidade, construída no local de uma antiga fortaleza romana chamada Castrum Regium Temas, remonta a 1212.

Ao longo dos anos, Timisoara foi influenciada por muitas culturas. Os romanos usaram-na como uma importante fortaleza de encruzilhada até que os tártaros a destruíram no século 13. Conquistada pelos exércitos turcos em 1552, Timisoara permaneceu sob sua proteção até 1718, quando a região de Banat ficou sob domínio austríaco por dois séculos.

Mais tarde, Timisoara se tornou uma cidade comercial e industrial. Turcos, austríacos, alemães e sérvios, todos deixaram sua marca, e essa influência pode ser vista em seus bairros e ruas até hoje.

Frequentemente conhecida como “Pequena Viena”, Timisoara é o lar de apresentações musicais e teatrais durante todo o ano, galerias de arte, museus e uma agitada vida noturna. Foi também a primeira cidade da Europa e a segunda do mundo depois de Nova York a usar eletricidade para iluminar suas ruas públicas.

O aeroporto que atende a região é o Aeroporto Timisoara (TSR-Traian Vuia).

Onde Ficar
Hotel Timisoara
Hotel Timisoara

Hotel Timisoara

Str Marasesti nr 1-3
Hotel Savoy
Hotel Savoy

Hotel Savoy

Splaiul Tudor Vladimirescu No.2
North Star Continental Resort
North Star Continental Resort

North Star Continental Resort

B-dul Revolutiei 1989, Nr. 5
Onde Comer

Casa Bunicii

Str Virgil Onitiu, 3, Timisoara, Romênia +40 356 100 870

Em tradução livre, a “Casa da Vovó” é, na verdade, um restaurante casual e familiar, especializado em comida caseira e temperos regionais do Banat, com ênfase em pratos à base de spätzle (macarrão de ovos). A sopa de pato com bolinhos e o peito de frango grelhado servido em molho de cereja azeda são altamente recomendados.

Saiba Mais

Casa cu Flori

Str Alba Iulia, 1, Timisoara, Romênia +40 256 435 080

Um dos restaurantes mais conhecidos da cidade e por um bom motivo, a “Casa das Flores” serve excelente cozinha romena, com um serviço refinado a preços moderados em uma sala de jantar deliciosa. Nos dias mais quentes, suba três lances de escada até o terraço florido da cobertura.

Saiba Mais

Nora

B-dul Dămboviţa, 40, Timisoara, Romênia +40 256 218 204

As reservas são uma obrigação para aproveitar um lugar no terraço neste popular restaurante informal romeno com uma reputação de carnes grelhadas. Nora localiza-se a cerca de 2 km do centro, mas vale a pena a tarifa de táxi.

Saiba Mais
Onde Ir
Sinagoga do Forte,
Sinagoga do Forte,

Sinagoga do Forte

Strada Mărășești 6, Timișoara, Romênia

Construída em 1865 pelo arquiteto vienense Ignatz Schuhmann, a sinagoga atua como uma importante parte na história judaica – os judeus no Império Austro-Húngaro foram emancipados em 1864, quando foi dada a permissão para construir a sinagoga.

Museu da Revolução de 1989

Strada Popa Șapcă 3-5 / Oituz ne. 2B, Timișoara 300057, Romênia

Este é um local ideal para discutir a revolução anticomunista de dezembro de 1989, que começou em Timisoara. É repleto de documentação, cartazes e fotografias desses dias fatais de invasão.

Igreja Reformada

Strada Liniștei 1, Timișoara 300200, Romênia

Aqui foi o ponto de partida da revolução de 1989, onde o padre László Tőkés falou contra Ceauşescu. Vale a visita quando aberta durante os tempos de adoração.

Dicas Extras

Comunidade Judaica

Embora a presença judaica na região de Banat remonte ao século 2 d.C., a primeira menção escrita da comunidade judaica em Timisoara ocorreu em 1716, quando o comandante do exército turco entregou a cidade ao príncipe austríaco Eugeniu de Savoia. No cemitério sefardita, podem ser vistos túmulos que datam da ocupação turca, o mais antigo pertence a Azriel Assael. Após a implementação dos atos de direitos dos cidadãos no Império Austro-Húngaro, a comunidade judaica de Timisoara floresceu, atingindo uma população de quase 7 mil pessoas. Seis sinagogas foram construídas na cidade depois de 1867, o ano da reconciliação austro-húngara. Hoje, três permanecem para visitação, mas apenas uma ainda está funcionamento.

O que levar

Calças, saias, camisetas, tênis, sandálias são perfeitamente adequados para atividades diárias, como visitar locais turísticos. Roupas formais são necessárias apenas se planeja ir à ópera, teatro ou participar de cerimônias, como casamentos.

Roupas confortáveis

Sapatos baixos

Malha leve

Protetor solar

Dicas de quem #VaiComMultiplus

Dicas:
Curtidas:
Classificação:
Preço:

Mais destinos pra você