Kinshasa

Viagem ao Congo: o que fazer em Kinshasa

Capital congolesa mistura aventuras em um cenário de natureza exuberante

Com mais de 12 milhões de habitantes, Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, é uma antiga cidade construída durante o período de colonização belga, entre o fim do século XIX e começo do século XX. Às margens do rio Congo, é cercada de uma intensa e exuberante natureza, que reserva aos turistas um imenso potencial para diversão e aventuras.

Kinshasa, na República Democrática do Congo.
Kinshasa, na República Democrática do Congo.

Uma das principais atrações de Kinshasa é o Santuário Lola ya Bonobo, uma grande região de mata preservada que abriga uma grande população dos primatas da espécie Bonobo, os famosos chimpanzés-anões, que correm risco de extinção. A visita ao local permite uma troca bacana com o meio ambiente, além de transmitir conhecimento sobre a vida selvagem do país africano.

Outra atração interessante é o Santuário Serpentes do Congo, um espaço que reúne inúmeras espécies de cobras e serpentes, venenosas ou não, nativas da região. É possível manusear algumas, além de descobrir mais sobre o funcionamento dos venenos e dos hábitos dos animais.

O Museu Nacional do Congo guarda grande coleção de arte, quadros, estátuas e artefatos arqueológicos que contam a história da nação, desde o passado de tribos, passando império do Congo, a colonização europeia, até os dias atuais, ou seja, é ponto obrigatório para conhecer mais sobre o país.

A Academia de Belas Artes, por sua vez, mantém obras de diferentes movimentos artísticos, além de exposições de arte contemporânea e temporárias, que buscam trazer os mais belos trabalhos de artistas nacionais e internacionais.

Na área urbana, a arquitetura local funde-se com a trazida pelas embarcações europeias, semeando belos edifícios como a Catedral Notre-Dame do Congo, com seu interior decorado com primazia. O Parque-Lago Ma Vallee fica nos arredores da capital e proporciona uma excelente tarde de descanso aos turistas. Com um grande lago, área preservada e um restaurante, é uma ótima opção para os finais de semana.

Kinshasa é atendida pelo Aeroporto Internacional N’djili (FIH).

Onde Ficar
Pullman Kinshasa Grand Hotel
Pullman Kinshasa Grand Hotel

Pullman Kinshasa Grand Hotel

7, AVenue Batetela - Commune de la Gombe
Kempinski Hotel Fleuve Congo
Kempinski Hotel Fleuve Congo

Kempinski Hotel Fleuve Congo

119 Boulevard Colonel Tshatshi
Hotel Memling
Hotel Memling

Hotel Memling

Avenue du Tchad 5B
Hotel Royal
Hotel Royal

Hotel Royal

Avenue kitona 3 - Commune de la Gombe
Onde Comer

Le Cercle Gourmand

Avenue du Cercle, 414, Kinshasa, Gombe, República Democrática do Congo +243 817 155 252

Com uma luxuosa decoração, serviço refinado e pratos servidos em belíssimas apresentações, o Le Cercle Gourmand traz o melhor da gastronomia belga e francesa para a cidade. Suas refeições são preparadas com os mais seletos e frescos ingredientes; carnes, peixes, molhos ainda contam com o toque especial dos temperos congoleses. Além disso, traz uma ótima carta de vinhos.

Saiba Mais

Le Cafe Conc

Avenue de La Nation, 13, Kinshasa, Gombe, República Democrática do Congo +243 818 993 090

O visual moderno e elegante do Le Cafe Conc oferece uma noite de jantares excelentes e pratos preparados no maior capricho. Seu atendimento costuma ser muito elogiado, assim como as receitas francesas com carne. Disponibiliza boas opções de acompanhamentos, além de ótimas sobremesas.

Saiba Mais

Inzia

Avenue Cadeco, 6, Kinshasa, República Democrática do Congo +243 998 601 604

Com ambiente familiar, áreas abertas e fechadas e uma decoração e arquitetura repletas de elementos típicos, o Inzia é uma das melhores pedidas para conhecer o sabor do Congo.    Seus pratos são preparados com temperos da região e servidos por uma equipe gentil e atenciosa. As carnes são o carro-chefe do estabelecimento, em especial os pratos com suínos.

Onde Ir
Santuário Lola ya Bonobo.
Santuário Lola ya Bonobo.

Santuário Lola ya Bonobo

Les Petites Chutes de la Lukaya, Kinshasa, República Democrática do Congo

Este incrível santuário permite que o turista tenha um interessante contato com os chimpanzés-anões, da espécie Bonobo, que está correndo risco de extinção. Em uma área de natureza preservada e exuberante, os animais vivem livremente, permitindo a interação com alguns. O passeio, além de instrutivo, também diverte e oferece aventuras para toda a família.

Museu Nacional do Congo.
Museu Nacional do Congo.

Museu Nacional do Congo

Avenue du 24 Novembre, Kinshasa, República Democrática do Congo

Para mergulhar fundo na história deste incrível país do continente africano, você precisa conhecer este museu. Por meio de obras de arte e objetos arqueológicos, o local permite que você descubra mais sobre os antigos reinos congoleses, suas tribos e costumes, além de abordar o período que vai da colonização belga até os dias de hoje.

Santuário Serpentes do Congo

Avenue Kananga, 14, Quartier Binza Pigeon, Kinshasa, República Democrática do Congo

Com uma incrível variedade de serpentes e cobras nativas do país, esta espécie de santuário permite que os visitantes conheçam os hábitos e curiosidades sobre os animais. Existem exemplares venenosos e não venenosos, e algumas espécies podem até ser tocadas e manuseadas pelos turistas.

Dicas Extras

Academia de Belas Artes de Kinshasa

Avenue de 24 Novembre, Kinshasa, República Democrática do Congo

Guardando uma incrível coleção de arte, com nomes nacionais e internacionais em seu acervo e passando por diversos movimentos, é o maior templo dedicado à arte na cidade. Seu bonito interior também se destaca, assim como as obras contemporâneas e modernistas, e está sempre abrigando exposições temporárias.

Parque-Lago Ma Vallee

Lac ma vallee, Commune de Mont Ngafula, Kinshasa, República Democrática do Congo

Este belo parque possui uma intensa e bem preservada área verde, proporcionando aos turistas uma tarde gostosa de descanso, trilhas, passeios em caiaques, além de um bom restaurante ao ar livre. Ideal para finais de semana ou fins de tarde em família, é o melhor ponto para recuperar as energias.

O que levar

Não deixe de levar protetor solar, repelente e chapéu para poder transitar pela cidade e áreas de florestas sem preocupação. Sapatos confortáveis também são importantes.

Protetor solar

Repelente

Chapéu

Sapatos confortáveis

Dicas de quem #VaiComMultiplus

Dicas:
Curtidas:
Classificação:
Preço:

Mais destinos pra você