Jauja

Dicas para a sua viagem para Jauja

Descubra o que fazer e onde ir na cidade peruana

O Peru é um dos destinos mais encantadores da América do Sul, pois abriga inúmeros atrativos históricos e culturais, como os que podem ser descobertos em uma viagem a Jauja, que tem início logo ao chegar ao Aeroporto Francisco Carle (JAU). Na cidade, capital da província de mesmo nome, e em seus arredores, você poderá descobrir muito da cultura local, inclusive sobre o Império Inca.

Se for a Jauja no início do ano, por exemplo, você poderá conferir o Carnaval local, que é uma das expressões culturais mais significativas da cidade e abrange diversos bairros. Independentemente da época, esse destino agrada a todos os tipos de aventureiros, que podem desbravar as trilhas incas, acampar ou pedalar em Llacuaripampa, a poucos quilômetros de distância.

A culinária e o artesanato também ganham destaque no roteiro, bem como apreciar as belezas que existem em Jauja e nas cidades próximas, como a laguna de Paca e as ruínas das construções do período pré-inca.

Apesar de tanta história, a viagem também deixa espaço para que o lado moderno da cidade seja conhecido, então reserve pelo menos uma noite para se divertir em  uma casa noturna local e tenha uma viagem completa.

Onde Ficar
Onde Comer

El Muelle Azul

Calle Real s/n – Laguna de Paca, Jauja, Jauja, Peru +51 941 829 658

Com ambiente arejado e acolhedor, e atendentes vestidos de forma típica, chamando a atenção logo no primeiro momento, o restaurante El Muelle Azul serve o que há de melhor na cozinha peruana. O carro-chefe de seu menu é a pachamanca, famoso prato da culinária local. Para uma experiência inesquecível, reserve uma das mesas com vista para a laguna de Paca e a natureza ao redor.

El Tambo

Carretera Central, km 74, Jauja, Jauja, Peru +51 64 783193

O restaurante El Tambo é referência quando se trata de comida típica peruana na cidade e serve, além da imperdível pachamanca, o torresmo local, conhecido como chicarrone, e outras delícias. As porções são bem servidas, preparadas no momento do pedido e podem ser consumidas ao mesmo tempo em que o cliente aprecia a agradável vista que compõe o cenário.

La Sirena de Oro

Calle Real s/n – Chucclu, Jauja, Jauja, Peru +51 947 020 755

Aberto para café da manhã e almoço, o La Sirena de Oro possui vista para a laguna de Paca e decoração singular. O menu é composto de pratos típicos locais, além de cervejas artesanais e bebidas próprias do local. Durante sua permanência no restaurante, não deixe de aproveitar e fazer um passeio de barco pela lagoa.

Onde Ir
Capela de Cristo Pobre, Jauja.
Capela de Cristo Pobre, Jauja.

Capela Cristo Pobre

Jauja, Jauja, Peru

Jauja possui construções importantes para a sua história, a exemplo da Capela Cristo Pobre, erguida em 1920, cuja referência é o estilo gótico utilizado nas peças da Catedral de Notre-Dame de Paris. Além de seu exterior e suas esculturas, é possível visitá-la por dentro durante as missas, para conferir seus vitrais e a imagem da Virgem da Medalha Milagrosa.

Centro Arqueológico Tunanmarca, Peru.
Centro Arqueológico Tunanmarca, Peru.

Centro Arqueológico Tunanmarca

Cerro Pojuipuquio, Tunanmarca, Peru

Localizado a pouco mais de 10 km de Jauja, o Centro Arqueológico Tunanmarca guarda as ruínas da antiga e pequena cidade de Siquillapucara, que data do período pré-inca. Em seu curto território, é possível vislumbrar a grandiosidade de muralhas e inúmeras construções, das quais poucas possuem paredes ou parte do teto intactas. O local é próprio para alguns esportes, como trekking, e também para camping.

Cânion de Shutjo

Rio Piñascochas, Canchayllo, Peru

Aproximadamente uma hora de carro separa Jauja de Canchayllo, local onde se encontra o Cânion de Shutjo. Essa imponente formação rochosa atrai admiradores e praticantes de esportes como rapel e escalada, além de possuir em seu entorno fazendas de peixes, nas quais é possível aprender mais sobre a produção de trutas. O passeio não é indicado para ser feito após o anoitecer.

Outras Formações Rochosas Imperdíveis

O Índio Dormido

Laguna de Paca, a 2,5 km de Jauja

Durante sua visita à laguna de Paca, não deixe de admirar o Índio Dormido, formação rochosa da Cordilheira dos Andes, em uma das margens da lagoa, que ganhou esse nome por lembrar a silhueta de um homem deitado. Ali você também poderá conhecer inúmeras histórias e lendas sobre o local.

Quebrada Pichiluli

A 3 km do centro de Jauja

Próxima ao centro de Jauja está também a Quebrada Pichiluli, constituída por torres de      25 m de altura esculpidas pelo vento e pela chuva. Nesse local, durante todo o ano, pode-se desfrutar de um ecossistema próprio da primavera, além de cenários que criam fotos incríveis.

O que levar

Para poder desfrutar de todos os passeios durante sua viagem a Jauja, principalmente no verão, não deixe de colocar itens adequados para essa estação em sua mala, como roupas leves e protetor solar.

 

Protetor solar

Tênis

Roupas Leves

Óculos de sol

Agasalho leve

Dicas de quem #VaiComMultiplus

Dicas:
Curtidas:
Classificação:
Preço:

Mais destinos pra você