Bissau

Viagem a Guiné-Bissau: o que fazer em Bissau

Capital da Guiné-Bissau é repleta de paisagens naturais incríveis e muita cultura

Bissau é a maior cidade e capital da Guiné-Bissau, país localizado na costa africana, que guarda em seu território imensa riqueza cultural e ambiental. No passado, a cidade fez parte de importantes reinos e impérios do continente, como o Império Mali, até ter sido tomada por portugueses em 1474.

Ela foi colônia de Portugal por quase 500 anos, no período em que era conhecida como Guiné-Portuguesa, servindo como um importante porto comercial e de escravos para as Américas.

Durante a visita à cidade, as marcas e misturas culturais podem ser vistas no Museu Etnográfico Nacional, que reúne um grande acervo de arte, artesanato, registros arqueológicos e outros objetos que mostram a riquíssima e variada cultura das tribos locais e a influência europeia sobre os costumes da região.

Mercado de Bandim.
Mercado de Bandim.

Outro ponto interessante da cidade para conhecer a diversidade étnica é o Mercado de Bandim, o principal centro comercial de produtos típicos, que oferece aos turistas uma oportunidade única de mergulhar na cultura local, comprando esculturas de madeira, belos tecidos, especiarias e outras preciosidades.

Em uma visita à região central, alguns edifícios merecem sua atenção, como a belíssima Catedral da Sé da Candelária, a principal igreja erguida pelos portugueses. Com seu charmoso estilo colonial, é cercada por uma simpática praça ajardinada e guarda uma bonita decoração em seu interior. É um dos marcos mais antigos da capital.

O Palácio Presidencial de Bissau é outro que vale sua atenção. Ele ficou seriamente danificado na guerra civil que eclodiu na nação em 1998-1999, mas foi revitalizado com investimentos de empresas chinesas em 2013.

Já quem visitar a Fortaleza de São José de Amura, que data de 1696, vai encontrar a fortificação mais importante da cidade, que serviu para a defesa da colônia portuguesa ao longo dos séculos, assim como foi um importante ponto do comércio de escravos. Além disso, em seu interior, está o Mausoléu de Amílcar Cabral, um dos mais importantes heróis nacionais no processo de independência da Guiné-Bissau.

Por fim, para encantar-se com a exuberante vida selvagem do país, é legal realizar um passeio de lancha até as Ilhas Bijagós, um arquipélago com 88 ilhas, Patrimônio Mundial da Unesco por sua incrível flora e fauna. A região guarda praias espetaculares e paradisíacas, assim como uma variedade estupenda de animais, como hipopótamos, crocodilos, tartarugas, macacos e diversas aves.

Todas essas atrações incríveis tem como porta de entrada o Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira (OXB).

Onde Ficar
Azalai 24 Septembro
Azalai 24 Septembro

Azalai 24 Septembro

Cp 285 - Santa Luzia
Coimbra Hotel & Spa
Coimbra Hotel & Spa

Coimbra Hotel & Spa

Av. Amilcar Cabral
Malaika Hotel
Malaika Hotel

Malaika Hotel

Avenue Osvaldo Vieria
Onde Comer

Creola

Praça Che Guevara, Bissau, Guiné-Bissau +245 6633031

Localizado dentro de uma pensão, o Creola é um dos melhores restaurantes da cidade, com excelência gastronômica e influência da cozinha portuguesa. Seus pratos principais são carnes e frangos grelhados, preparados com ótimos temperos regionais. O atendimento é muito elogiado pelos clientes, assim como as sobremesas.

Coqueiros Bar

Pansau Na Isna, Bissau, Guiné-Bissau +245 6604942

O Coqueiros Bar serve deliciosos petiscos e pratos feitos com as melhores receitas da cozinha local. São carnes, saladas e acompanhamentos preparados com as melhores pimentas e temperos da cozinha da Guiné-Bissau. Ambiente descontraído e atendimento repleto de simpatia, é ótima opção para reunir os amigos.

La Padari Africana

Rua Marien N'Guouabi, 30-A, Bissau, Guiné-Bissau +245 7200258

Esta padaria serve deliciosos lanches, sanduíches, pães, bolos e cafés, que fazem você começar bem o seu dia. Sua cozinha, especializada em pratos africanos, traz um cardápio de almoço ideal para quem quer uma experiência gastronômica que envolva diversos países do continente.

Onde Ir
Museu Etnográfico Nacional, em Bissau.
Museu Etnográfico Nacional, em Bissau.

Museu Etnográfico Nacional

Bissau, Guiné-Bissau

Este incrível museu guarda a maior variedade de objetos de uso ritualístico do país, além de artesanatos e obras de arte das culturas de tribos que fazem parte da população da Guiné-Bissau. Entre máscaras, roupas, artefatos religiosos e outros apetrechos, os turistas poderão contemplar a riqueza étnica e cultural, além de aprender mais sobre os povos da região e suas crenças e história.

Mercado de Bandim.
Mercado de Bandim.

Mercado de Bandim

Centro, Bissau, Guiné-Bissau

Para quem gosta de experimentar comidas típicas e conhecer os temperos e produtos da gastronomia local, este mercado é um prato cheio de sabores, aromas e texturas. Além disso, guarda uma riquíssima variedade de produtos do artesanato local, como esculturas de madeira, belíssimos tecidos e produtos têxteis, permitindo boas compras de objetos de decoração e lembrancinhas para toda a família e amigos.

Fortaleza de São José de Amura

Av. Pansau na Isna, Bissau, Guiné-Bissau

Não deixe de visitar esta incrível fortificação, construída pelos portugueses em 1696 para defender os interesses comerciais da nação europeia na região. Ela funcionou como principal defesa da cidade por séculos, além de ter sido um dos mais importantes centros de comércio de escravos do litoral africano. O local abriga, ainda, o Mausoléu de Amílcar Cabral, um dos mais importantes líderes nacionais na luta de independência.

Dicas Extras

Passeio pelo centro da cidade

Centro, Bissau, Guiné-Bissau

A área central da capital nacional guarda belos exemplos da mistura arquitetônica decorrente das diversas etnias e culturas. Entre as construções típicas da região, é possível ver as obras deixadas pelos colonizadores, como a charmosa Catedral da Sé da Candelária, principal igreja da cidade, e o elegante Palácio Presidencial, que foi restaurado recentemente, em 2013, depois de ter sido danificado na guerra civil de 1998-1999.

Visita às Ilhas Bijagós

Litoral de Bissau, Guiné-Bissau

Conheça este belíssimo Patrimônio Mundial da Unesco, que concentra um dos mais exuberantes biomas do continente africano. O arquipélago de 88 ilhas contém uma riquíssima variedade de espécies de animais muitos raros, além de incríveis praias, safáris, trilhas e pontos de contato e avistamento da vida selvagem. É um dos pontos turísticos mais visitados da nação, proporcionando um excelente contato com o meio ambiente.

O que levar

Não deixe de levar para sua viagem protetor solar, chapéu e roupas leves, pois faz muito calor na capital. Repelente e sapatos confortáveis também ajudam a explorar a área de natureza.

Chapéu

Protetor solar

Repelente

Roupas leves

Sapatos confortáveis

Dicas de quem #VaiComMultiplus

Dicas:
Curtidas:
Classificação:
Preço:

Mais destinos pra você