DICAS DE VIAGEM

Os 10 museus pelo mundo que todo viajante deve conhecer

Alguns museus ficaram famosos por abrigarem obras de arte icônicas. Outros são conhecidos por terem a maior coleção de aviões e aeronaves do mundo inteiro.

Confira aqui dez museus pelo mundo que todo viajante deve conhecer.

1. Museu Britânico - Londres, Inglaterra

O Museu Britânico em Londres foi o primeiro museu público do mundo, inaugurado em 1753. O local abriga uma vasta coleção de arte clássica grega, além de peças do Antigo Egito.

É lá que fica a Pedra de Roseta, que foi descoberta em 1799, em uma expedição do Imperador Napoleão ao Egito. Ela contém um texto escrito em hieróglifos, grego e demótico e ajudou os historiadores a decifrarem os símbolos e a linguagem dos egípcios do passado.

O Museu Britânico também abriga um Moai originário da Ilha de Páscoa e os “Mármores de Elgin”, pedaços de pedras esculpidas que costumavam adornar a fachada da Acrópole, em Atenas.

Passear pelas salas e corredores desta instituição é receber uma amostra encapsulada da História do Mundo.

Um dos mais famosos do mundo.
Um dos mais famosos do mundo.

2. Museum of Modern Art - Nova York, Estados Unidos

O Metropolitan Museum of Art de Nova York é chamado carinhosamente de MoMA e abriga uma extensa coleção de obras de artistas incríveis, como Mondrian, Frida Khalo e Marcel Duchamp.

É lá que ficam pinturas mundialmente famosas, como “A Noite Estrelada”, de Vincent Van Gogh, “A Persistência da Memória”, de Salvador Dalí, “Garota se Afogando”, de Roy Lichtenstein e “Girl with Mandolin”, de Pablo Picasso.

A instituição foi fundada em 1929 e foi o primeiro museu do mundo dedicado inteiramente à Arte Moderna.

3. Museu do Louvre - Paris, França

O Museu do Louvre em Paris é mundialmente famoso por abrigar uma das pinturas mais icônicas da História, a “Monalisa”, de Leonardo da Vinci.

Mas sabia que o local também abriga outras obras icônicas como as estátuas da “Vênus de Milo”, a de “Psique Reanimada” e a da “Vitória da Samotrácia”?

Como exemplo de pinturas, a coleção conta com “A Liberdade Guiando o Povo”, de Eugène Delacroix.

“Virgem das Rochas”, de Leonardo da Vinci e “A Coroação de Napoleão” de Jacques Louis David também são destaques.

Quer saber mais detalhes sobre o Louvre e sobre outros museus de Paris? Descubra 6 museus em Paris que todo mundo precisa conhecer.

4. Smithsonian - Washington D.C, Estados Unidos

O Instituto Smithsonian é um centro de estudos e pesquisa, também responsável por administrar diversos museus na capital dos Estados Unidos.

Boa parte desses museus fica em uma região privilegiada de Washington, conhecida como “National Mall”, que abrange o espaço entre dois importantes pontos de interesse da cidade, o Capitólio e o Monumento a Washington.

 

Um desses museus é o próprio Instituto Smithsonian, que fica em um prédio conhecido como “Castle”, erguido em 1855.

Outro, é o National Air and Space Museum, um dos mais curiosos do mundo, que abriga a maior coleção de aviões e espaçonaves do planeta. Por lá, dá para conhecer o interior de um ônibus espacial e também tocar em um pedacinho da lua.

No National Museum of American History dá para conhecer objetos importantes da história americana, como a mesa portátil do Presidente Jefferson, o uniforme de George Washington e também a pista de boliche que pertenceu ao Presidente Truman.

Já no National Museum of Natural History, é possível conhecer diferentes espécies de animais, além de múmias egípcias e o diamante Hope, uma pedra preciosa azul mundialmente famosa.

O “Mall”, como é chamado pelos moradores de Washington, ainda abriga o National Museum of the American Indian, o National Museum of African American History and Culture e a National Portrait Gallery.

Para conhecer todos esses lugares incríveis, é preciso ter fôlego e reservar um bom período de tempo para explorar o Smithsonian em Washington.

5. Museu do Ouro - Bogotá, Colômbia

O Museu do Ouro de Bogotá, na Colômbia, foi inaugurado em 1939 e mostra algumas das riquezas feitas a partir do material, durante o período pré-colombiano.

O acervo do museu conta com mais de 34 mil peças e os objetos eram utilizados em cerimônias religiosas e no dia a dia dos nativos.

O local também tem uma seção toda dedicada à lenda do El Dorado.

Ao ver a riqueza das peças, você com certeza vai entender melhor o fascínio dos colonizadores espanhóis.

Um dos quadros em exibição do Museu Picasso, em Barcelona.
Um dos quadros em exibição do Museu Picasso, em Barcelona.

6. Museu Picasso - Barcelona, Espanha

Pablo Picasso é um dos principais pintores da História da Arte e ele tem um museu inteirinho dedicado à sua obra, que fica na cidade de Barcelona, Espanha.

Por lá, dá para apreciar obras como “Hombre con Boina”, que o pintor produziu com apenas 14 anos de idade.

Há também peças famosas, como “Las Meninas”, que foi feita com inspiração no trabalho do espanhol Velázquez.

7. Museu Egípcio - Cairo, Egito

O Museu Egípcio do Cairo é um prato cheio para quem gosta de História e do Antigo Egito.

Repleto de múmias e de objetos que pertenciam aos cidadãos dessa antiga civilização, o Museu do Cairo ainda tem o atrativo de guardar a máscara mortuária do faraó Tutankhamon, cuja tumba foi encontrada intacta em 1922. Toda feita em ouro maciço, ela é um dos símbolos da História do Egito.

Além dela, o acervo da instituição ainda tem a múmia do Faraó Ramsés II, que foi um dos maiores da história do Egito.

O prédio da Galleria degli Uffizi.
O prédio da Galleria degli Uffizi.

8. Galleria degli Uffizi - Florença, Itália

A Galleria degli Uffizi fica em Florença, na Itália, em um prédio projetado entre 1560 e 1580 pelo historiador e arquiteto italiano Giorgio Vasari.

 

Com pinturas e esculturas de diferentes períodos históricos, as principais atrações deste museu são as obras produzidas durante o Renascimento por artistas como Giotto, Piero della Fonseca, Leonardo da Vinci e Michelangelo.

É lá que ficam importantes obras da arte mundial, como “O Nascimento de Vênus” e “Primavera”, ambas de Sandro Botticelli e “A Anunciação”, de Leonardo da Vinci.

O exterior do Museu Hermitage.
O exterior do Museu Hermitage.

9. Museu Hermitage - São Petersburgo, Rússia

O Museu Hermitage fica na cidade de São Petersburgo, na Rússia, no que costumava ser o Palácio de Inverno, que foi a residência oficial dos czares russos.

 

Por conta desse passado glamuroso, o local impressiona não só pelas obras que abriga, mas também pela beleza e opulência de seus aposentos.

Considerado a maior pinacoteca do mundo, o Museu Hermitage abriga peças como “O Retorno do Filho Pródigo”, de Rembrandt, “Place de la Concorde”, de Degas, e “Portrait of the Artist’s Wife”, de Henri Matisse.

10. Instituto Inhotim - Brumadinho, Minas Gerais

O Instituto Inhotim é um dos acervos de arte contemporânea mais legais do mundo. Ele está localizado na cidade de Brumadinho, a cerca de 60 km de Belo Horizonte, Minas Gerais.

As instalações do Inhotim são apresentadas de uma forma inovadora, dentro de uma área verde enorme, que pode ser percorrida até em carrinhos de golfe.

 

Em intervenções no meio da natureza ou em pavilhões estrategicamente posicionados no parque, Inhotim apresenta diversas obras de artistas brasileiros e de renome internacional.

Algumas peças de arte contemporânea requerem a interação do espectador com a obra e outras geram efeitos incríveis e causam emoções inesquecíveis ao visitante.

São peças como “Beam Drop”, de Chris Burden, “Ttéia 1C”, de Lygia Pape e “Narcissus Garden Inhotim”, de Yayoi Kusama.

Conhece alguns desses museus incríveis ou acha que faltou alguma instituição na lista? Me conta nos comentários.