Destinos no Brasil e no mundo para quem ama surfar

À procura da onda perfeita? Confira nossa seleção de praias ótimas para surfar no Brasil e no mundo

Destinos no Brasil e no mundo para quem ama surfar

Verão, calor, praia: para as almas mais aventureiras, as épocas quentes do ano não se limitam à areia, e surge a vontade de praticar algum esporte aquático radical, como o surfe.

O esporte tem suas origens atribuídas aos povos polinésios, que já deslizavam sobre as ondas em tábuas de madeira há mais de mil anos. Muito mudou na prática do surfe desde então, e, com sua popularização, a busca por destinos com as melhores ondas para experts e iniciantes tem crescido cada vez mais.

Seja você um entusiasta ou um profissional, preparamos uma lista de alguns dos melhores lugares no Brasil e no mundo para surfar:

Fortaleza, Ceará

Engana-se quem pensa que os melhores pontos para surfar estão necessariamente longe das metrópoles. Uma grande prova disso são as praias de Fortaleza, a mais populosa e uma das mais modernizadas do nordeste brasileiro.

As praias distribuídas pelos 34 quilômetros da costa alencarina são palco de algumas etapas de campeonatos de surfe e berço de alguns dos grandes nomes do esporte no Brasil, como a tetracampeã brasileira Tita Tavares.

Vale a pena conhecer a Praia do Futuro, a Praia do Titanzinho, Ponte Metálica, Leste Oeste, entre outras.

Ilhéus, Bahia

Pano de fundo para os romances de Jorge Amado, a cidade baiana com a maior extensão litorânea do Estado também é um destino muito procurado para quem quer pegar onda.

Seja no centro da cidade ou em praias mais desertas, Ilhéus conta com áreas favoráveis para o surfe durante o ano todo. Foi nas águas da capital brasileira do cacau onde um dos grandes nomes brasileiros do esporte, Jojó de Olivença (bicampeão brasileiro em 1988 e 1992), teve seus primeiros contatos com uma prancha e onde aprendeu a pegar ondas.

Praias para visitar: Catedral, Olivença, Back Door, Havaizinho, entre outras.

Belém, Pará

Quando o assunto é praia, provavelmente Belém do Pará não é um dos primeiros destinos que nos vem à mente. No entanto, é na capital de um dos maiores estados brasileiros em extensão que está um dos pontos mais peculiares para o surfe: na Ilha do Mosqueiro, o esporte é praticado em ondas de água doce.

Situada à beira do Rio Pará (um dos braços do Rio Amazonas), a Ilha do Mosqueiro está numa região onde as ondas são favorecidas pela força do vento, dependendo da hora do dia.

As praias de rio são palco, inclusive, do primeiro campeonato brasileiro de surfe em água doce, em ondas que chegam a aproximadamente quatro pés de altura. Um verdadeiro tesouro entre as baías do Tocantins e Amazônica!

Florianópolis, Santa Catarina

A capital-ilha de Santa Catarina é um dos destinos brasileiros mais conhecidos entre os surfistas, e possui em sua extensão diversas praias boas para a prática.  A praia da Joaquina, na parte leste de Floripa, é um dos pontos mais badalados para quem gosta de ondas e prancha, sendo inclusive palco de algumas etapas de circuitos mundiais.

Além da “Joaca”, vale a pena conhecer as praias do sul da ilha, como Campeche, Morro das Pedras, Armação e Solidão.

Para os mais aventureiros, também é uma sugestão adentrar ao continente e chegar até as praias em Garopaba e Imbituba.

Biarritz, França

Biarritz é o destino europeu para os entusiastas de surfe. Foi no País Basco Francês, especialmente durante as filmagens de “O Sol Também se Levanta” (adaptação da obra de Ernest Hemingway), na década de 50, que o esporte começou a ser popularizado na região – que abriga as condições ideais para surfar.

Hoje em dia, Biarritz é um grande berço para os novatos, possuindo diversas escolas de surfe em suas praias extensas e é também um grande ponto de encontro de surfistas lendários, que chegam até a cidade para participar de importantes campeonatos mundiais ou, simplesmente, para relaxar (pegando onda, é claro).

Bali, Indonésia

Quando se pergunta a algum surfista experiente seus destinos favoritos para pegar ondas, com certeza a ilha está na maioria de suas listas. O cenário paradisíaco de águas cristalinas localizado na Indonésia, além de um ótimo lugar para a prática do surfe, é também uma joia exótica do sudeste asiático.

Mas atenção: nem todas as praias têm as condições favoráveis a surfistas iniciantes ou entusiastas! Informe-se sobre as regiões mais calmas da ilha para praticar caso você não domine as técnicas e procure uma das diversas escolas espalhadas por lá.

O Parque Nacional Tayrona é um dos principais locais para surfe na Colômbia. O Parque Nacional Tayrona é um dos principais locais para surfe na Colômbia.

Santa Maria, Colômbia

Região onde nasceu o escritor Gabriel García Márquez e onde morreu o libertador Símon Bolívar, Santa Marta é banhada pelo Mar do Caribe. Além de todos os pontos turísticos históricos que a cidade possui, é nas regiões mais afastadas do centro em que se encontra boas ondas para surfar, em meio a paisagens naturais deslumbrantes.

É em Santa Marta onde está localizado o Parque Tayrona, reserva ambiental com muitas riquezas naturais, inclusive praias onde é possível surfar. No parque e em seus arredores é interessante ter contato com a população nativa para reconhecer os melhores lugares para pegar ondas. Um destino peculiar na Colômbia!

Sydney, Austrália

É impossível falar de surfe e não falar de Austrália. Sydney, que oferece uma sorte muito grande de atrações culturais, gastronômicas e sociais, também possui diversas praias com ondas favoráveis, onde se pode chegar, inclusive, de ônibus.

Em Sydney há praias como a famosa Bondi Beach (apropriada para quem está aprendendo), Maroubra (muito procurada por surfistas profissionais), Dee Why, Byron Bay, e muitas outras. Os destaques ficam para a reserva de surfe de Angourie e o Royal National Park, onde também é possível apreciar as belezas naturais da Oceania.

Vá mais longe com o LATAM Pass

Agora que você já conheceu alguns dos melhores destinos para surfar, escolha o seu, troque seus pontos por passagens e prepare as quilhas!