5 lugares para ver de perto o Folclore brasileiro

De Saci Pererê até Boto Cor-de-Rosa, o Brasil está cheinho de lendas incríveis. Embarque nessa aventura e descubra 5 lugares para ver de perto o Folclore brasileiro.

5 lugares para ver de perto o Folclore brasileiro

O Brasil é um país cheio de lendas folclóricas incríveis. Seja para deixar o viajante de cabelo em pé, com medo das travessuras, seja para incitar curiosidade, medo ou respeito, nosso país oferece de tudo um pouco.

Para você que quer fazer uma viagem toda inspirada nas principais lendas brasileiras, listamos 5 lugares para ver de perto o Folclore brasileiro. Confira abaixo!

Fortaleza

A lenda da Iracema é tão famosa que virou um livro de José de Alencar, que conta a história de uma índia que se apaixona por um guerreiro branco, que veio para o Brasil com a missão de colonizar o estado do Ceará.

Por conta disso, ela ganha um destaque enorme em Fortaleza. Na cidade, Iracema tem uma praia toda com seu nome e diferentes estátuas espalhadas nos mais diversos pontos.

Estátuas como a de “Iracema Guardiã” podem ser encontradas em lugares como a Praia do Mucuripe. Esta, em específico, foi inaugurada em 1996 pelo artista plástico Zenon Barreto. Além dessa imagem, há ainda a estátua de “Iracema, a Musa do Ceará”, localizada na Lagoa de Messejana.

Conhecer esses marcos turísticos é uma oportunidade única de entrar em contato com o folclore e com a literatura nacional.

Manaus

O boto cor de rosa pode ser avistado em Manaus.

A lenda do boto cor-de-rosa conta a história de um animal que, nas noites de lua cheia, se transforma em homem e sai das águas para seduzir jovens e mulheres que estejam sozinhas. O boto cor-de-rosa é um bicho semelhante ao golfinho, que vive de verdade nas águas do Rio Negro.

Se ele se transforma ou não em homem nas noites de lua cheia não dá para saber, mas quem viaja para Manaus pode ver esse animal de perto, nos diversos passeios para observar botos que existem na região.

De barco, em flutuantes, ou até nadando com eles, vai dar para observar e até interagir com esse bicho que também é uma grande lenda brasileira.

Itanhaém

O Jardim das Lendas Brasileiras é o lugar perfeito para quem quer ver “ao vivo” cada uma das principais histórias do folclore brasileiro.

Localizado na Praia dos Sonhos, em Itanhaém, no litoral paulista, ele foi idealizado pelo artista plástico e escritor egípcio Alberto Farrah.

No local, é possível encontrar esculturas, estátuas e desenhos que remetem a 72 lendas do folclore diferentes. Dá para ver o curupira bem ao lado do saci-pererê, a janaína, a Iara e até o caboclo d’água!

Com entrada gratuita, o lugar funciona aos sábados, domingos e feriados.

Serra da Canastra

A nascente do Rio São Francisco fica na Serra da Canastra.

O Caboclo D’água é um espírito do bem que protege o Rio São Francisco. Essa é uma lenda que é passada de geração em geração pelos pescadores e ribeirinhos que convivem diariamente com esse, que é um dos maiores cursos d’água do nosso país, cruzando os estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

Se você quer ver onde essa lenda começou, vá até a Serra da Canastra, para conhecer de perto o lugar onde o Rio São Francisco nasce e inicia seu percurso que corta nosso país.

Para chegar até o Parque Nacional da Serra da Canastra, é preciso desembarcar em Uberaba e percorrer 230 km de estrada.

Curitiba

O Saci Pererê é um travesso menino de uma perna só, que se movimenta por aí em redemoinhos, fazendo bagunça e pregando peças nas pessoas. No Folclore Brasileiro, acredita-se que o Saci Pererê habite áreas de mata, que tenham várias árvores e plantas.

Por isso, dá para deixar a imaginação voar e acreditar que existam vários sacis circulando por Curitiba, uma das cidades com mais áreas verdes de todo o nosso país.

Por lá, dá para sentir as traquinagens do Saci em lugares como o Parque Tangá, no Parque Birigui e até no Jardim Botânico.

Realize com o LATAM Pass

Gostou de descobrir os 5 lugares para ver de perto o folclore brasileiro? Conta para mim nos comentários qual é sua lenda preferida!