5 experiências que todo mundo precisa ter em São Paulo

Em São Paulo não tem só trabalho! Conheça cinco programas obrigatórios para quem visita a cidade (e para os paulistanos também).

5 experiências que todo mundo precisa ter em São Paulo

São Paulo: terra da garoa, selva de concreto, lugar das oportunidades. A maior cidade do Brasil é conhecida pela gente trabalhadora e séria e pelo aspecto cinza e sisudo. Mas essa visão não poderia estar mais equivocada. A metrópole é riquíssima em cultura e esconde muitos tesouros debaixo da sombra de seus arranha-céus.

A cidade atrai negócios, mas também oferece tudo o que um turista ávido por diversão pode esperar: museus, centros culturais, parques, teatros, cinemas, shoppings, restaurantes, bares e boates. São Paulo tem muito de tudo isso, de forma que mesmo os paulistanos demoram uma vida inteira para conhecer uma parcela pequena de tudo o que a cidade oferece.

Beleza e história no centro

O skyline do centro de São Paulo é incrível.

Há muito o que ver e fazer no centro de São Paulo. Durante a semana, as ruas são tomadas por pessoas apressadas, mas, aos fins de semana, o centro torna-se um ótimo destino para turistas, e o lugar perfeito para fotografar muito.

Vale visitar o lindíssimo Teatro Municipal, o Mosteiro de São Bento e o Pátio do Colégio. Conheça também o Centro Cultural Banco do Brasil e a Caixa Cultural, que recebem algumas das melhores exposições da cidade, normalmente gratuitas, além de serem prédios lindos, por dentro e por fora.

Quer ótimas opções para almoçar na região? Vá para A Casa do Porco Bar ou para o Riconcito Peruano. Reserve lugar para a sobremesa e delicie-se na Casa Mathilde.

A Casa do Porco Bar
Rua Araújo, 124, República – São Paulo

Avenida Paulista de cabo a rabo

MASP.

A mais importante e famosa avenida de São Paulo concentra os negócios mas também está repleta de cultura. Aos domingos, a avenida fica fechada para carros e permite que as pessoas circulem livremente, das 10h às 19h. 

Além de pedestres, a avenida é tomada por bicicletas, skates, patins, cachorros e artistas. Como em um parque, é possível fazer piquenique, dançar ao som das bandas musicais ou apenas caminhar e apreciar a paisagem.

Além de aproveitar a avenida em si, vale conhecer o MASP, um dos principais museus da cidade. Também vale visitar a Casa das Rosas, o Japan House e o Itaú Cultural, e escolher um filme para assistir na Caixa Belas Artes ou no Reserva Cultural.

Há inúmeras opções para almoçar ou jantar na região da Paulista. Aos domingos, as barraquinhas da feira em frente ao Parque Trianon vendem de pastel a acarajé, passando pelo super paulistano yakissoba de rua. Duas ótimas opções de restaurantes são o Jiquitaia, que serve comida brasileira, e o Z Deli, especializado em hambúrgueres.

Z Deli
Rua Haddock Lobo, 1386, Jardins – São Paulo

As delícias do Mercado Municipal

Mercado Municipal.

Ainda na região central, visite o Mercado Municipal e seus arredores. A variedade de cereais, frutas, carnes, queijos e embutidos é de encher a boca d’água e fazer brilharem os olhos. Os vendedores vão querer que você prove tudo. Então, aproveite!

Dica: as lojas do lado de fora do Mercado Municipal oferecem os mesmos produtos a preços mais baixos.

Dentro do Mercadão, o famoso sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau atraem muitos turistas e paulistanos, com toda sua fartura.

O Hocca é a lanchonete mais famosa, mas há muitos concorrentes dentro do mercado vendendo os mesmos lanches. Uma alternativa menos turística é o sanduíche da Verdadeira Casa da Mortadela, na Avenida São João.

Lá perto, vale visitar a Pinacoteca do Estado, a Estação da Luz e o Parque da Luz. Quer fazer compras baratas? Visite a Rua 25 de Março e a Rua Paula Sousa.

Verdadeira Casa da Mortadela
Avenida São João, 633, República – São Paulo

Um pedaço do Japão na Liberdade

O Bairro da Liberdade.

O bairro da Liberdade, próximo ao centro, concentra grande parte do comércio e gastronomia oriental da cidade. São Paulo é a maior colônia japonesa do mundo, e na Liberdade encontram-se artigos e comidas, tanto japonesas quanto chinesas e coreanas.

As opções de compras são inúmeras: souvenirs, artigos para casa, decoração, roupas, produtos alimentícios, livros e revistas. Aos fins de semana, a Feira da Liberdade, instalada na Praça da Liberdade, oferece artesanato e comidas típicas que exalam um perfume inebriante por toda a região.

Há diversos eventos especiais durante todo o ano, sendo o mais famoso o Tanabata Matsuri, ou Festival das Estrelas, que acontece em julho.

Há uma variedade enorme de restaurantes, bares e karaokês no bairro. As muitas opções de rodízio de comida japonesa fazem sucesso entre brasileiros, mas vale conhecer restaurantes que servem comida japonesa tradicional, como o Kidoairaku e o Izakaya Issa.

Kidoairaku
Rua São Joaquim, 394, Liberdade – São Paulo

Izakaya Issa
Rua Barão de Iguape, 89, Liberdade – São Paulo

Praia de paulistano: Parque do Ibirapuera

O Obelisco visto do parque.

O maior parque da cidade recebe, por fim de semana, cerca de 150 mil visitantes. Além da imensa área verde e das pistas de corrida e bicicleta, pratica-se de tudo um pouco no parque: de skate a funcional.

No Ibira, como é carinhosamente chamado pelos paulistanos, faz-se tudo o que se faz em outros parques, e mais.

 Localizam-se dentro dele o Auditório do Ibirapuera, o Museu de Arte Moderna, o Museu Afro Brasil, o Pavilhão das Culturas Brasileiras, a Escola de Astrofísica, a Oca e o Planetário.

Para comer, a melhor pedida é levar uma boa seleção de quitutes comprados na zona cerealista ou em qualquer um dos supermercados da cidade, estender uma toalha xadrez e apreciar o movimento.

Vá mais longe com o LATAM Pass

 Confira mais dicas para aproveitar o Brasil todo no Guia de Destinos LATAM Pass! Aqui você sonha e realiza viagens de norte a sul!