DICAS DE VIAGEM

4 dicas além do pão de queijo para aproveitar Belo Horizonte

Pão de queijo e doce de leite são marcas registradas dos mineiros, mas Belo Horizonte nos reserva muito mais que isso. Se você pretende visitar a capital de Minas Gerais, indicamos quatro dicas de passeios que você não pode perder!

Então pode se preparar para uma variedade de sabores e novas histórias com os seguintes destinos:

Conjunto arquitetônico da Pampulha, com visão do lago.
Conjunto arquitetônico da Pampulha, com visão do lago.

Conjunto arquitetônico da Pampulha

Tire um dia todo para conhecer o conjunto arquitetônico da Pampulha. Além de ter muita coisa para ver, o lugar é mais afastado do centro da cidade.

É nele que fica a Igrejinha São Francisco de Assis, cartão postal de BH, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile, centro cultural e o Iate Clube.

Todas essas construções foram projetadas por Niemeyer e valem a visita – fora a própria Lagoa, onde muita gente vai para se exercitar.

Praça da Liberdade

Um destino digno de Maria Antonieta é a Praça da Liberdade com seus jardins inspirados no Palácio de Versalhes. Até a fonte e o coreto lembram Paris!

Aliás, os arredores também são uma verdadeira viagem no tempo, com construções do século 19 lado a lado com o design moderno do Edifício Niemeyer.

Para encerrar o passeio, aproveite os bares da região antes de se embrenhar no centro da cidade.

Feijão tropeiro de Minas, prato típico da região.
Feijão tropeiro de Minas, prato típico da região.

Roteiro gastronômico

Se a sua praia é conhecer novos sabores, não deixe de visitar o Mercado Central para experimentar o tradicional queijo mineiro e a cachaça de Belo Horizonte.

Ah, é aqui também que você encontrará presentes pros amigos.

Com um circuito completo de botecos, a cidade oferece uma série de opções para todos os gostos. Dê uma chance ao feijão tropeiro e ao fígado com jiló!

Inhotim (Crédito: Prefeitura de Belo Horizonte / Marcelo Coelho).
Inhotim (Crédito: Prefeitura de Belo Horizonte / Marcelo Coelho).

Inhotim

Caso sobre tempo na agenda, aproveite para esticar a viagem até Inhotim. Jardim de esculturas, museu dentro de um parque… A visita causa impacto até em quem não liga muito para arte.

O local é um grande complexo de instalações e galerias de arte em meio a bistrôs e pousadas simpáticas.

Vá durante a semana e, de repente, emende em uma visita a Ouro Preto.

Onde se hospedar?

Se você vai a Belo Horizonte a passeio, fuja dos hotéis mais antigos e tradicionais do Centro – apesar da tentação arquitetônica. Essa região da cidade é voltada para negócios e a vida noturna não é muito agitada.

Prefira bairros como Savassi e Lourdes, onde se encontram boas opções de restaurantes, bares e lojas de rua.

Pela Multiplus, dá para acumular pontos ao escolher a hospedagem: é só fazer a reserva pela própria Multiplus ou pelo booking.com.

Aliás, essa é só uma das formas de acumular pontos durante a viagem. Descubra outras aqui!