20 destinos brasileiros para visitar em 2020

Em ano de dólar alto, o melhor mesmo é aproveitar para viajar pelos cantos paradisíacos que fazem a fama do nosso país

20 destinos brasileiros para visitar em 2020

Sabe aquela história dos lugares que todas as pessoas devem conhecer? Não concordamos totalmente com a ideia de destinos obrigatórios para se visitar, afinal o melhor mesmo é ser livre e ir para onde o seu coração mandar.

Entretanto, quando se trata do Brasil, a coisa muda de figura. E já que o ano começou com dólar em alta, por que não adiar aquela viagem para o exterior e valorizar o que temos de melhor? Separamos os 20 top hits de beleza natural do país para você visitar em 2020. Vale a pena conhecer, nem que seja apenas um deles!

 

1 – Manaus e a floresta amazônica (AM)
É brasileiro e ainda não conhece a região amazônica? Dez entre dez pessoas que passaram por lá voltaram encantadas – e o que não falta são motivos para isso. Ao desembarcar em Manaus, não deixe de visitar o Teatro Amazonas e Zona Franca. Depois, inicie a sua aventura pela floresta amazônica com um passeio de barco para contemplar o encontro das águas entre os rios Negro e Solimões. Feitas essas paradas indispensáveis, organize os tours pela floresta de acordo com o tempo que você tem para desbravar a região.

2 – Pantanal (MS)  
Polo do ecoturismo nacional, o Pantanal oferece opções de atividades como passear a cavalo, navegar de chalana e contemplar jacarés, pássaros e onças. A melhor forma de chegar à cidade é desembarcar em Cuiabá e ir de carro a Poconé, que fica a 100 km de distância da capital. Já falamos sobre esse destino fascinante aqui no blog, clique e conheça mais.

3 – Alter do Chão (PA)
Localizada na ponta do Rio Tapajós, quase na junção com o Rio Amazonas, Alter do Chão é um destino único. Explicamos: trata-se de uma praia de água doce rodeada por bolsões de areias branquinhas que se multiplicam na época da seca. A Ilha do Amor e seus quiosques de drinks e passeios caiaque são as estrelas da região. Leia mais sobre outros destaques da região em um post anterior.

4 – Jalapão (TO)
Localizado a 50 km de Palmas, cidade onde o que não falta são opções de pacotes de passeios turísticos, o Parque Estadual do Jalapão é um verdadeiro centro de diversões para os amantes de aventura. Em seus 34 mil km de áreas preservadas realizam-se atividades radicais para todos os gostos e níveis de preparo físico, de passeios de 4×4 a mergulhos e trilhas. Com sorte, os aventureiros também podem avistar lobos-guarás, emas entre outros animais típicos da região.

5 – Lençóis Maranhenses (MA)
Verdadeiro paraíso para a contemplação, o Parque Nacional de Lençóis Maranhenses tem beleza cênica totalmente fora do comum. Você já deve ter ouvido falar de suas dunas de areias brancas e fofas a perder de vista, que são entrecortadas por lagoas de água doce e salgada, mangues e espelhos d’água. Partindo de São Luís do Maranhão é possível embarcar em passeios de um dia apenas para sentir um gostinho de Lençóis. Se tiver tempo, vale passar algumas noites ali e fazer uma imersão na paz e cultura locais. Ficou com vontade? Então saiba mais sobre o destino aqui

6 – Praia do Rosa (SC)
Se você tem planos de ir a Florianópolis, considere incluir a Praia do Rosa, situada a cerca de 100 km da capital catarinense no seu roteiro. Não só são só suas águas e areias que atraem os apaixonados por surf e pela vibe relax. Por ser rodeada por mata nativa e trilhas, a praia também encanta amantes da natureza e desperta o hábito das práticas sustentáveis. Se você adora destinos praianos, já fizemos um guia em que a Praia do Rosa era a estrela.      

7 – Pipa (RN)
Enquanto a capital potiguar Natal tem subido no ranking de melhores cidades para negócios, a atmosfera praiana raiz resiste em Pipa, paraíso localizado a apenas 85 km dali. Nadar com golfinhos, fazer passeios de barco, simplesmente descansar ou, até que sabe, fazer aulas de surf no mar que tem ondas para todos os gostos são ótimas pedidas. Quando a noite se aproxima, os restaurantes, bares e lojas da Avenida Baía dos Golfinhos deixam o clima efervescente.  

8 – São Miguel do Gostoso (RN)
Perfeito para quem procura a paz e serenidade de um típico vilarejo nordestino, São Miguel do Gostoso é mais um paraíso do Rio Grande do Norte que não poderia ficar de fora da nossa lista. Localizada a cerca de 100 km de Natal, a praia tem uma identidade única porque consegue combinar o clima de descanso absoluto com um quê de aventura, já que seus ventos propiciam a prática de windsurfe e kitesurf. As comidas típicas também são um ponto forte de São Miguel. 

9 – Maragogi (AL)
Conhecida como Caribe brasileiro, a praia de Maragogi pertence ao estado de Alagoas mas fica bem na divisa com Pernambuco, pertinho da Praia de Carneiros (PE) e Porto de Galinhas (PE). Quer uma dico do que fazer por lá, além de admirar cenários paradisíacos e se encantar com a simpatia dos moradores locais? Acorde cedo, enquanto a maré ainda está baixa, e navegue em direção às piscinas naturais para mergulhar – nem que seja de snorkel – para ficar boquiaberto com os arrecifes de coral, a vida marinha e a cor azul turquesa da água que não deixa a desejar! As ilhas Maldivas que se cuidem!

10 – Itacaré (BA)
Imagine um destino que combina a malemolência baiana a um sem número de praias paradisíacas. Cada uma com sua personalidade, das mais movimentadas às mais escondidas, alguns nomes para começar a desvendar o que Itacaré tem para oferecer são: Concha, Tiririca, Prainha, Engenhoca, Havaizinho e Taboquinhas. Não deixe de se deliciar com as barraquinhas de acarajé e as moquecas e peixes, fazer uma aula de capoeira (por que não?) e procurar um lugar para dançar forró do início da noite até a madrugada chegar.

11 – Morro do São Paulo (BA)
O destino é uma ótima porta de entrada para quem está em Salvador e deseja começar a conhecer as belezas naturais que fazem a fama da Bahia. A apenas duas horas da capital baiana em viagens de catamarã com saídas diárias, a vila é formada por cinco praias que agradam tanto quem gosta de agito como de tranquilidade. Se tiver mais tempo, vale também vale fazer um passeio até a Ilha de Boipeba.

12 – Chapada Diamantina (BA)
Verdadeiro oásis fincado no meio do sertão baiano, quando alguém te disser que a Chapada Diamantina esbanja beleza natural, saiba que isso não é um exagero. Seus 40 mil km² de extensão abrigam o segundo maior parque nacional do Brasil e lá o que não falta são cachoeiras, grutas e uma fauna que atrai cada vez mais visitantes. Definitivamente não é um destino para se conhecer numa viagem só. Para chegar lá, a opção mais indicada é desembarcar em Vitória da Conquista e alugar um carro.  

13 – Chapada dos Veadeiros (GO)
Repare que estamos indo cada vez mais para o centro do país. Afinal, não é só de praia que vivem as belezas naturais do Brasil e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é prova disso. Declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO, essa verdadeira maravilha do cerrado reúne incontáveis cachoeiras entre as quais as mais famosas são o Vale da Lua (foto), Cristais, Santa Bárbara, Loquinhas e Cataratas dos Couros. Para chegar lá, pegue um voo até Brasília e depois alugue um carro ou vá de traslado.  

14 – Chapada dos Guimarães (MT)
Diferentemente das chapadas mencionadas acima, a dos Guimarães fica a apenas 60 km de distância da capital Cuiabá. Ou seja, aqui o acesso para o paraíso é mais rápido. Além de ostentar riqueza de vegetação e fauna, o local também abriga alguns sítios arqueológicos. Entre os pontos que você deve conhecer estão o mirante para a Cachoeira Véu, que tem uma queda de 86 metros de altura, e a Cidade de Pedra, um lugar sensacional onde uma série de antigas formações geológicas mais parecem ser as ruínas de uma cidade perdida no tempo.

15 – Bonito (MS)
Um dos destinos de ecoturismo mais fantásticos do Brasil, boa parte da singularidade de Bonito se deve aos rios que cortam a cidade. Não à toa, mergulhos fluviais feitos em  aquários naturais no Rio da Prata e o no Rio Sucuri são os fortes da cidade. Se quiser mais emoção, percorra o trajeto dos cursos d’água de bóia-cross. Outra dica é explorar as florestas locais fazendo tracking ou dirigindo um quadriciclo, e fazer um voo de paratrike – mistura entre bicicleta e parapente.

16 – Pirenópolis (GO)
Patrimônio Mundial da Unesco localizado no interior de Goiás, Pirenópolis parece até uma cidade cenográfica. Um passeio pelo centro histórico revela não só as linhas de arquitetura colonial como também delícias gastronômicas típicas, muitas delas temperadas com pequi. Durante o dia, entretanto, melhor ir em direção às cachoeiras que contornam a cidade –  a Cachoeira dos Dragões, que fica dentro de um templo budista, é uma delas. Considere também viajar até Salto Corumbá, um complexo de cachoeiras incríveis que já foi até capa da National Geographic.

17 – Itaúnas (ES)
De volta para a costa brasileira, destacamos também a praia de Itaúnas, localizada 266 km ao norte de Vitória, pertinho da Bahia. Conhecida pelas dunas e também por ser a capital do forró na região sudeste do país, suas opções de lazer vão muito além das areias da praia. Uma sugestão para complementar a sua viagem é andar de bike pelo Parque Estadual, que tem mais de 3 mil hectares distribuídos por 25 km de litoral, e também fazer stand-up no rio.

18 – Brotas (SP)
Assim como acontece em Bonito (MS), viajar para Brotas e não realizar nenhuma atividade aquática é praticamente impossível. As opções de rafting, canoagem e bóia-cross são todas oferecidas ao longo do Rio Jacaré-Pepira, que corre em paralelo à cidade. Gostou? Para chegar lá desembarque em Ribeirão Preto e pegue a estrada em direção ao centro do estado.

19 – Ilha Grande (RJ)
Para quem curte a fórmula Mata Atlântica abundante + praia selvagem, Ilha Grande é uma parada certeira. Situada no município de Angra dos Reis, a mais ou menos 150 km do Rio de Janeiro, passeios de barco e lancha costumam fazer a cabeça dos turistas que passam por lá. Além disso, rios, cachoeiras e lagos deixam o cenário ainda mais interessante. Em tempo: se houver tempo hábil, vale esticar a viagem e descer até Paraty.

20 – Foz do Iguaçu (PR) 
Escolhemos Foz do Iguaçu para fechar com chave de ouro a lista de destinos que você deve visitar este ano porque lá você encontra um Patrimônio Mundial da Unesco: as Cataratas do Iguaçu. Se ainda não conhece, vale muito a pena visitar esse clássico. Além do contato com a fauna e a flora no Parque Nacional do Iguaçu e do Parque das Aves, Foz do Iguaçu está na fronteira com Argentina e Paraguai. Isso quer dizer que fazer uma dobradinha com um desses países é uma ótima ideia.

E você? Conta para gente se já esteve em algum desses lugares, o que achou, e também compartilhe um destino nacional que vale a visita.

  • 2020
  • brasileiros
  • destinos
  • visitar