Matamoros venceu a guerra e desponta como importante polo turístico

Heroica mexicana encanta seus visitantes e é chamariz para os diversos setores econômicos

La Heroica Matamoros, assim é conhecida essa hospitaleira cidade do estado mexicano de Tamaulipas. O nome está ligado diretamente à sua história, por ter sido território de várias batalhas, entre elas, a Guerra da Independência do México, a Guerra Mexicano-Americano e a Revolução do Texas.

O município não esconde suas raízes e a herança de um período sofrido, pelo contrário, ao andar pelas ruas de Matamoros, é possível encontrar antigos edifícios, além da intensa atividade turística marcada por cassinos, museus de arte, memoriais, monumentos, parques e praias. O fato de a cidade fazer fronteira com Brownsville, no Texas, facilita ainda mais a vinda dos novos visitantes.

Nas águas do Rio Grande, perto de sua foz, no Golfo do México, o visitante se depara com as águas tranquilas das litorâneas Bagdad e Costa Azul, um lugar para apreciar a natureza, praticando navegação ou pesca – modalidade que ganhou até um torneio dedicado aos amantes do desporto, realizado durante todo o ano. Nas proximidades, você encontra restaurantes especializados em frutos do mar frescos e pratos locais.

A economia de Matamoros não provém apenas do turismo, mas possui uma grande influência nas relações de comércio internacional com os Estados Unidos por meio de acordo firmado com o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio. A estatal Petróleos Mexicanos chegou a divulgar projeto bilionário de perfuração no mar para o porto da cidade.

O município abriga um dos setores mais promissores do México: o industrial, com fábricas de montagem e acessórios de marcas, como General Motors, Ford, Chrysler, BMW e Mercedes Benz. Os desdobramentos econômicos também se estendem à agricultura, por concentrar as maiores zonas de irrigação do norte do México.

O Fuerte Casamata, ou Casa Armada, é uma das relíquias de 1960. O lugar, que era utilizado pelos militares, sofreu com a ação do tempo, do abandono e de caçadores de tesouros. Foi revitalizado e hoje é um dos principais museus, que leva ao conhecimento do público a origem e o desenvolvimento da Heroica Matamoros e os eventos militares.

Além dos pontos turísticos fixos, você também pode aproveitar o Charro Days e o Sombrero Festival, eventos de duas nações que comemoram a herança dos Estados Unidos e do México. A celebração acontece em fevereiro.

O município é atendido pelo Aeroporto Internacional de McAllen-Miller (MFE).

Onde Ficar

Onde Ficar

Onde Comer

Onde Comer

Onde Ir

Onde Ir

O que levar

O que levar

Ao viajar para o México, tenha sempre na mala:

Boné

Casacos finos

Muita água

Protetor solar

Roupas confortáveis e frescas

Informações e links úteis

Informações e links úteis

Quando ir

Em Matamoros, o verão é longo e quente e o inverno é curto, ameno e seco. Durante o ano inteiro, o tempo é de céu parcialmente encoberto. Ao longo do ano, em geral a temperatura varia de 7 a 36°C e raramente é inferior a 3°C ou superior a 39°C. As melhores épocas do ano para visitar Matamoros e realizar atividades gerais ao ar livre são do meio de março ao meio de junho e do fim de setembro ao meio de novembro.

Como se locomover

Para um transporte mais confortável e de confiança, recomenda-se que o turista alugue um carro ou pegue um táxi para chegar aos locais mais distantes.

  • Vacina
    não é exigida
  • Passaporte
    não é obrigatório
  • Visto
    não é exigido de brasileiros
  • Moeda
    peso mexicano
  • Fuso
    UTC-06:00
  • Embaixada
    Rua Lope de Armendáriz 130, Colonia Lomas de Virreyes, Cidade do México, Distrito Federal, México +52 55 5201-4531

Dicas de quem já viajou

Dicas de quem já viajou

Envie sua dica!

Conte como foi sua experiência viajando com a gente.