De roteiro diversificado, Luleå respira arte e história

Charmosa cidade é o centro das atenções em cultura e lazer

Um prato cheio para quem ama frio, o destino é bastante convidativo, mesmo para aqueles que curtem temperaturas mais altas e querem uma experiência, digamos, diferente.

Essa região, repleta de histórias, sendo algumas um pouco tristes, também é um polo turístico bastante importante e cheio de fatos curiosos. Um deles é que, neste ano de 2018, o dia mais curto será 21 de dezembro, com três horas e oito minutos de luz solar, e o dia mais longo será 21 de junho, com 23 horas e dez minutos de luz solar.

Localizada no Norte da Suécia, Luleå é procurada por muitos turistas por concentrar uma atração vinda do céu e admirada por muitos: a aurora boreal. O fenômeno, que acontece em períodos noturnos nas regiões polares, atrai diversos turistas que, do alto de suas janelas, conseguem observar um composto de brilho e cor. A cidade não costuma ter temperaturas que ultrapassem os 20 graus, sendo o inverno longo, bem gelado e com neve outra atração à parte.

A história triste citada acima é um incêndio que destruiu a maior parte da cidade em 1887. O que restou foram poucos edifícios, sendo um deles uma catedral neogótica, considerada o prédio mais alto de Luleå e datado de 1893. Muitas décadas se passaram e o cenário agora é outro.

Um dos passeios interessantes é a Aldeia Paroquial de Gammelstad, construída no final do século 19. Formada ao redor de uma igreja, o lugar era uma espécie de ponto de encontro de pessoas que vinham de muito longe e se alojavam nas casas, hoje não mais habitadas. Um pequeno museu e uma loja de souvenir compõem o lugar.

O centro de Luleå costuma ser muito frequentado, principalmente por estar lá um dos mais importantes pontos turísticos: a Kulturens Hus. A casa é palco de concertos, exposições e possui uma biblioteca com diversos títulos. Mas também existem importantes passeios ao ar livre, já que a região é cercada por mar e lagos que, durante o inverno rigoroso, congelam, tornando a paisagem ainda mais exótica.

O Isbanan é o lugar onde se concentram essas belezas naturais e conta até com alguns quiosques. Mas se prepare para ir a esse parque de inverno, pois a experiência é abaixo de zero grau, ou melhor, -14°C.

A cidade é atendida pelo Aeroporto de Luleå (LLA).

Onde Ficar

Onde Ficar

Onde Comer

Onde Comer

Onde Ir

Onde Ir

O que levar

O que levar

Entre janeiro e março e entre novembro e dezembro, a temperatura mínima varia entre 0 e -13 ºC. Entre abril e outubro, a temperatura máxima varia entre 6 e 20 ºC, mas, no geral, faz bastante frio. Portanto, quem vai a Luleå em qualquer época do ano deve levar:

Calçados confortáveis

Casacos, gorros e botas

Guarda-chuva e/ou capa de chuva

Protetor solar

Informações e links úteis

Informações e links úteis

Quando ir

A melhor época para ir a Luleå é entre a primavera e verão (meados de abril a meados de setembro), quando as temperaturas são mais amenas.

Como se locomover

No inverno, a neve é um problema sério para quem viaja de carro. As estradas são modernas e bem-conservadas, mas é melhor usá-las durante a primavera e verão. É possível viajar de trem e de ônibus para cidades próximas.

  • Vacina
    não é exigida
  • Passaporte
    obrigatório
  • Visto
    não é exigido de brasileiros
  • Moeda
    coroa sueca
  • Fuso
    UTC+01:00
  • Embaixada
    Kungsgatan, 88, Estocolmo, Suécia +46 8 545 163 00

Dicas de quem já viajou

Dicas de quem já viajou

Envie sua dica!

Conte como foi sua experiência viajando com a gente.